PANDEMIA: 5 LIÇÕES FINANCEIRAS QUE ESSA CRISE NOS ENSINOU


A pandemia desde que se alastrou pelo mundo vem causando crises tanto na área da saúde como na economia, obrigando empresas, governos e as pessoas a tomarem decisões drásticas para diminuírem os impactos causados pela vírus.

No Brasil não foi diferente, devido ao alto nível de contaminação, os estados e municípios foram obrigados a tomar decisões mais rígidas. Com decretos do distanciamento social, muitas empresas não essenciais tiveram que suspender suas atividades, consequentemente, muitas tendo que reduzir o quadro de funcionário ou até mesmo indo à falência.

No entanto, a falta de uma educação financeira na vida das pessoas teve consequência desastrosas para muitas famílias, pois muitos perderam seus empregos e não tinham o hábito de guardar uma parte da sua renda para cobrir possíveis imprevistos, alguns até tiveram que desfazer de alguns bens para não ter prejuízos maiores.

Com isso, está crise nos deixou um grande legado a de que necessitamos de mudar nossos hábitos financeiros para que não cometemos os mesmos erros, para isso segue cinco lições importantes que devemos começar a praticar para podermos sair dessa crise menos impactados:


1 - ORGANIZAR AS FINANÇAS

A organização é um fator essencial para desenvolver o controle financeiro, para isso é necessário anotar o que ganha e o que gasta, buscando reduzir as despesas fixas e eliminar as despesas variáveis que não estão mais sendo usufruindo. É importante que se faça um planejamento financeiro projetando uma situação futura e estabelecendo estratégias para cumprir os objetivos e compromissos.


2- NECESSIDADE DE MONTAR UMA RESERVA FINANCEIRA

A pandemia nos ensinou que guardar dinheiro é essencial, pois não dá para fugir de imprevistos, é necessário que estarmos preparados financeiramente para estes momentos, como diz o ditado: melhor prevenir do que remediar.


3 – NOVA FORMA DE CONSUMIR

Houve a necessidade de mudança de hábitos financeiros, fazendo com que as pessoas conscientize na hora de tomar decisões, as pessoas vão aprendendo a criar uma boa relação com o dinheiro, viabilizando seus objetivos e sonhos. Compre apenas o essencial que esteja precisando no momento, essas atitudes vai ajudar bastante no dia a dia, evitando desperdício de dinheiro.


4- CONSUMIR MENOS DO QUE GANHA

Com a falta de uma organização financeira, muitos brasileiros tem a cultura de consumir exageradamente, ou seja, gasta pela emoção. O cartão de credito sempre foi o grande vilão para muita gente, pois com a facilidade das pessoas adquirirem cartões de créditos sem necessidade, muitas delas se endividam, chegando a ser obrigados a parcelar a fatura por motivo de não poder arcar com o valor total.

Sendo assim, outro ensinamento que fica é que temos que economizar e o ideal é que tenha apenas um cartão de credito. A quarentena mostrou que muitas pessoas consomem coisas desnecessárias que não é útil naquele momento.

5 – TER MAIS DE UMA RENDA

Outro fator que contribuiu bastante para a crise foi as pessoas não terem uma renda extra. Nunca sabemos quais serão as surpresas que o amanhã nos reserva. Elas podem ser boas ou ruins. Por isso é importante começar a pensar em um plano B, criar rendas extras que possam ajudar nesses momentos, exemplo disso é fazer aplicações que possam viver de dividendos e alugueis.


E você como tem passado nesse momento de pandemia?

Junior Umburanas

Coach Financeiro


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo